Logo Agroattraction

Sistema RTK: Guia Completo!

O que é o sistema RTK?

O sistema RTK, sigla para Real-Time Kinematic, representa uma tecnologia de ponta no campo do posicionamento por satélite.

Esta técnica se destaca por utilizar medições das fases das ondas portadoras dos sinais emitidos por sistemas de satélites, como GPS, GLONASS e Galileo, para calcular com grande precisão a posição de um receptor móvel em tempo real.

A magia do RTK reside na sua capacidade de corrigir erros que são comuns tanto no sinal recebido pelo receptor móvel quanto no sinal recebido por um receptor fixo, situado em um local de coordenadas previamente conhecidas.

Essa metodologia avançada permite alcançar uma precisão sem precedentes na determinação de pontos específicos na Terra, abrindo portas para inúmeras aplicações que exigem a mais alta precisão de localização.

Qual a precisão de um RTK?

Falando em números, a precisão que um sistema RTK pode oferecer é verdadeiramente impressionante. De maneira geral, podemos esperar uma precisão na ordem de 1 a 2 centímetros na posição horizontal e de 2 a 3 centímetros na posição vertical.

Tal nível de precisão é fundamental em diversas aplicações, como na agrimensura, construção civil e mapeamento de precisão, onde a exatidão na localização de pontos é crucial.

Esse alto grau de precisão é possível graças à tecnologia RTK que, ao corrigir erros comuns aos sinais recebidos, garante dados de localização extremamente precisos e confiáveis.

O que é RTK no drone?

Quando aplicamos o sistema RTK aos drones, elevamos significativamente a precisão do posicionamento dessas aeronaves não tripuladas durante o voo.

Essa tecnologia se torna uma ferramenta poderosa especialmente em tarefas de mapeamento, inspeção e agricultura de precisão.

Com o RTK, um drone é capaz de voar seguindo uma trajetória extremamente precisa, permitindo a coleta de dados ou a realização de inspeções com um nível de detalhe muito superior ao que seria possível com os sistemas de GPS convencionais.

A implementação do RTK em drones marca, portanto, um avanço significativo na precisão e na qualidade dos trabalhos realizados por estas aeronaves, potencializando sua eficácia em diversas aplicações.

Qual a diferença entre RTK e estação total?

Embora tanto o sistema RTK quanto as estações totais sejam ferramentas essenciais na topografia e na construção civil, eles se diferenciam substancialmente em termos de tecnologia e aplicabilidade.

A estação total é um instrumento que combina um teodolito eletrônico com um distanciômetro, capaz de medir ângulos e distâncias com alta precisão utilizando um prisma refletor.

Essas medições permitem calcular a posição tridimensional de pontos específicos em relação a uma localização conhecida.

Em contrapartida, o sistema RTK foca no posicionamento em tempo real utilizando sinais de satélite para alcançar uma precisão notavelmente alta.

Enquanto a estação total é ideal para medições diretas de ângulos e distâncias no campo, o RTK brilha em aplicações que requerem precisão de localização em tempo real.

Ambas as tecnologias têm seus espaços garantidos em projetos de levantamento topográfico e construção, com a escolha entre uma e outra dependendo das necessidades específicas do projeto em questão.

Principal Objetivo do Uso do RTK em Sistemas de Posicionamento GNSS

O principal objetivo do uso do RTK (Real Time Kinematic) em sistemas de posicionamento GNSS (Global Navigation Satellite System) é alcançar uma precisão subcentimétrica em tempo real na determinação da posição de pontos geográficos.

Esta tecnologia permite a correção instantânea dos erros inerentes aos sinais GNSS, tais como a distorção causada pela atmosfera terrestre e as imprecisões orbitais dos satélites.

Ao utilizar um receptor RTK fixo em um ponto de coordenadas conhecidas e outro receptor móvel, é possível calcular desvios em tempo real e ajustar a posição do receptor móvel com uma precisão impressionante.

Esse nível de precisão é fundamental para uma variedade de aplicações, incluindo levantamentos topográficos, construção civil, agricultura de precisão, e muitas outras áreas que dependem de localização geográfica exata.

Preço do RTK

O preço de sistemas RTK pode variar significativamente dependendo de vários fatores, como a marca, a precisão, o alcance e as funcionalidades adicionais.

Em geral, os preços podem variar de alguns milhares a dezenas de milhares de dólares.

Sistemas RTK de entrada, adequados para aplicações menos exigentes, podem ser encontrados na faixa de 5.000 a 10.000 dólares.

No entanto, sistemas mais avançados, destinados a aplicações profissionais que exigem a mais alta precisão e desempenho, podem custar significativamente mais.

É importante notar que o custo deve ser avaliado em função das necessidades específicas do projeto ou da aplicação, considerando-se que a precisão e a confiabilidade são críticas para o sucesso de muitas operações.

RTK para Georreferenciamento: Como Funciona?

No georreferenciamento, o RTK funciona como um sistema de aumento que melhora significativamente a precisão das coordenadas obtidas por GNSS.

Ao empregar um receptor RTK estacionário, conhecido como estação base, em um local com coordenadas exatas e outro receptor móvel, é possível obter correções em tempo real para o receptor móvel.

Essas correções são calculadas a partir das diferenças entre as posições indicadas pelos sinais GNSS e a posição real conhecida da estação base.

Transmitindo essas correções ao receptor móvel, o sistema RTK ajusta a localização determinada pelo GNSS para refletir uma posição muito mais precisa.

Este método é amplamente utilizado no georreferenciamento de propriedades, mapeamento de terrenos e em qualquer outro contexto onde a precisão da localização é de suma importância.

RTK para Topografia: Como Funciona?

Na topografia, o RTK eleva a precisão da medição de terrenos a um nível superior, permitindo a coleta de dados geográficos com precisão subcentimétrica.

Utilizando-se de um receptor RTK móvel e uma estação base, o topógrafo pode medir pontos com uma precisão incrível, quase em tempo real.

A estação base, posicionada em um ponto de coordenada conhecida, envia correções baseadas em sua localização precisa para o receptor móvel, que ajusta suas próprias medições de acordo.

Este processo permite que os topógrafos determinem com exatidão características terrestres, limites de propriedades, e outras informações geográficas críticas para o planejamento e execução de projetos de engenharia, construção, e planejamento urbano.

Graças ao RTK, a topografia ganha em eficiência e precisão, reduzindo erros e o tempo necessário para a coleta de dados no campo.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *