Logo Agroattraction

Baunilha: De onde vem o aroma?

Baunilha: De onde vem o aroma e tudo mais sobre!
Agroattraction

O aroma de baunilha tem origem no fruto de uma orquídea chamada Vanilla Planifolia. Essa espécie é nativa do México, mas atualmente é produzida em diversos países, como Madagascar e Indonésia.

Como é feito o aroma de baunilha?

O processo de produção da baunilha é longo e trabalhoso, levando de três a quatro anos para amadurecer e as flores abrem apenas uma vez ao ano.

O aroma natural da baunilha é muito valorizado na gastronomia, na perfumaria e nos cosméticos. Além disso, existem imitações veganas do sabor da baunilha, mas em alguns casos, o aroma pode conter castóreo, de origem animal.

Como é extraído o aroma de baunilha?

Existem diferentes métodos para extrair o aroma de baunilha, mas um dos mais comuns é submergir as favas raspadas em álcool.

Depois de um período de tempo, o extrato pode ser utilizado em receitas culinárias ou em perfumes. Além disso, é possível produzir o extrato em casa, colocando as favas em uma garrafa com vodka e deixando descansar por alguns meses.

A baunilha é uma orquídea nativa do México e suas favas contêm sementes que conferem um sabor e aroma únicos. O processo de amadurecimento das favas pode levar de três a quatro anos, o que torna a baunilha um produto valorizado.

Como é feita a essência de baunilha castor?

A essência de baunilha castor é extraída do castóreo, uma secreção glandular produzida pelos castores. Para obtê-la, é necessário anestesiar o animal e extrair a substância de suas glândulas anais.

Apesar de ser aprovada pelo órgão FDA para consumo humano, a utilização do castóreo na produção de essência de baunilha é bastante controversa devido ao seu processo de extração e ao fato de conter fezes e urina do animal.

Atualmente, a indústria utiliza mais comumente as favas de baunilha para produzir a essência.

Como é feita a essência artificial de baunilha?

A essência artificial de baunilha é produzida por meio de uma mistura de compostos químicos sintéticos que não são encontrados em animais ou vegetais.

Além disso, outras substâncias como cera de abelha, lactose, glicose e álcool também podem ser utilizadas na extração de aromas. É importante destacar que a maioria dos produtos com aroma ou sabor de baunilha é produzida com a versão artificial, que é mais acessível e fácil de produzir em larga escala.

Já a essência natural é extraída das favas de orquídeas e seu processo de produção é mais complexo e demorado.

Qual a diferença entre baunilha e vanilla?

Baunilha e vanilla são a mesma coisa, sendo que a baunilha é o nome dado em português e o vanilla é o nome em inglês.

Ambos são obtidos a partir da vagem de uma orquídea do gênero Vanilla e são utilizados como aromatizantes em diversos produtos, como alimentos, cosméticos e perfumes.

A diferença está na forma como são produzidos e comercializados, sendo que a baunilha natural é mais cara e difícil de encontrar, mas possui um sabor e cheiro mais intenso, enquanto o extrato natural é uma opção mais acessível e com um aroma adocicado característico da baunilha.

Como é feito o cheiro de Vanilla?

O cheiro de vanilla tem origem no fruto de uma orquídea chamada Vanilla Planifolia. É um aroma doce e aconchegante, presente na gastronomia, nos cosméticos e na perfumaria.

A essência de vanilla possui notas de baunilha que proporcionam ao ambiente uma perfumação moderna e marcante, elevando o bem-estar.

Além disso, a medicina popular cita seu uso no combate a raiva e irritação, e possui propriedades terapêuticas como digestiva, afrodisíaca, aperiente, antibacteriana e anticonvulsiva.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *