Logo Agroattraction

Priori Xtra Bula: Detalhes de dosagens aplicações!

priori-xtra

Indicação do Priori Xtra

O Priori Xtra é um fungicida sistêmico e de contato utilizado principalmente na agricultura.

Ele é indicado para o controle de diversas doenças fúngicas em culturas como café, cana-de-açúcar, cevada, eucalipto, girassol, milheto, milho e soja.

Entre as doenças que ele combate estão a cercosporiose, ferrugem, mancha-anelar, mancha-parda, podridão-abacaxi, mancha-reticular, ferrugem-da-folha, mancha-de-alternaria, oídio, mancha-foliar, mancha-de-phaeosphaeria e crestamento-foliar.

Como Usar o Priori Xtra

O uso do Priori Xtra varia de acordo com a cultura e a doença que está sendo tratada.

De maneira geral, ele é aplicado de forma terrestre ou aérea, com doses que variam de 125 a 750 mL por hectare, dependendo da cultura e da doença.

O número máximo de aplicações por ciclo da cultura e o volume de calda também variam.

É importante iniciar as aplicações preventivamente ou no surgimento dos primeiros sintomas da doença, seguindo as orientações específicas para cada situação.

Para que Serve Azoxistrobina

Azoxistrobina é um dos ingredientes ativos do Priori Xtra.

É um fungicida pertencente à classe química dos estrobilurinas, que inibe a respiração mitocondrial dos fungos.

Sua ação se dá pelo bloqueio do processo de transferência de elétrons na mitocôndria do fungo, o que impede a produção de energia necessária para a sobrevivência do fungo.

Isso a torna eficaz no controle de uma ampla gama de doenças fúngicas em várias culturas agrícolas.

Azoxistrobina é utilizada não apenas para o controle de doenças existentes, mas também de maneira preventiva para evitar o desenvolvimento de infestações fúngicas.

Usos, dosagens e aplicações

CulturaDoençaDoseNº Máximo de AplicaçõesVolume de CaldaÉpoca e Intervalo de Aplicação
CaféCercosporiose500 mL/ha ou 750 mL/ha3400 L/ha (terrestre) 30 L/ha (aérea)Aplicações a cada 60 ou 90 dias, preferencialmente de Dezembro a Abril
Cana-de-açúcarMancha-parda250 a 500 mL/ha3100 a 200 L/ha (terrestre) 20 a 40 L/ha (aérea)Aplicações a cada 30 dias, conforme evolução da doença
Cana-de-açúcarFerrugem125 a 500 mL/ha6100 a 200 L/ha (terrestre) 20 a 40 L/ha (aérea)Aplicações a cada 30 dias, maior dose em variedades suscetíveis
Cana-de-açúcar (Propágulos Vegetativos)Ferrugem-alaranjada500 mL/ha1 (tratamento de propágulos)Tratamento de propágulosAplicação preventiva ou com primeiros sintomas de doença
Cana-de-açúcarPodridão-abacaxi250 mL/ha1 (sulco de plantio)100 L/ha (sulco)Aplicação sobre toletes no sulco de plantio
CevadaMancha-reticular300 mL/ha2100 a 200 L/ha (terrestre) 20 a 40 L/ha (aérea)Aplicação preventiva ou com primeiros sintomas
EucaliptoFerrugem300 mL/ha ou 450 mL/ha
GirassolMancha-de-alternaria250 mL/ha
MilhetoOídio200 mL/ha
MilhoMancha-de-phaeosphaeria300 mL/ha
SojaCrestamento-foliar300 mL/ha3 por ano100 a 200 L/ha (terrestre) 20 a 40 L/ha (aérea)Aplicações preventivas ou com primeiros sintomas
Tabela de instruções de uso e dosagem do Priori Xtra

Época e intervalo de aplicação por cultura

CulturaÉpoca de AplicaçãoIntervalo de Aplicação
AlgodãoIniciar preventivamente, repetir conforme a necessidade.14-21 dias
Arroz IrrigadoA partir de 25 dias após emergência, ou 2-4 folhas verdadeiras.Conforme necessidade da cultura.
AveiaPreventivamente ou no início da infecção.14-21 dias
CaféDurante o período de chuvas, início da floração.21-28 dias
Cana-de-AçúcarApós o plantio ou no início da estação chuvosa.30-40 dias
CevadaNo início da infecção das doenças.14-21 dias
EucaliptoQuando condições forem favoráveis para o desenvolvimento de doenças.Conforme necessidade da cultura.
GirassolPreventivamente ou no início da infecção.14-21 dias
MilhetoIniciar quando condições forem favoráveis à doença.14-21 dias
MilhoIniciar preventivamente ou no aparecimento dos primeiros sintomas.14-21 dias
SojaDurante o período de chuvas ou no início do aparecimento das doenças.14-21 dias
TrigoNo início da infecção das doenças.14-21 dias
Tabela do intervalo e épocas de uso do Priori Xtra

FAQ sobre Priori Xtra

1. O que é Priori Xtra?

  • Priori Xtra é um fungicida sistêmico e de contato utilizado na agricultura. Ele é eficaz no controle de uma variedade de doenças fúngicas em várias culturas, como café, cana-de-açúcar, cevada, eucalipto, girassol, milheto, milho e soja.

2. Quais são os ingredientes ativos do Priori Xtra?

  • Priori Xtra contém azoxistrobina e ciproconazol como seus ingredientes ativos. Azoxistrobina pertence à classe das estrobilurinas, enquanto ciproconazol é um triazol.

3. Contra quais doenças o Priori Xtra é eficaz?

  • O produto é eficaz contra várias doenças, incluindo cercosporiose, ferrugem, mancha-anelar, mancha-parda, podridão-abacaxi, mancha-reticular, ferrugem-da-folha, mancha-de-alternaria, oídio, mancha-foliar, mancha-de-phaeosphaeria, e crestamento-foliar.

4. Como o Priori Xtra deve ser aplicado?

  • A aplicação do Priori Xtra varia conforme a cultura e a doença. Geralmente, é aplicado de forma terrestre ou aérea, com doses que variam de 125 a 750 mL por hectare. É crucial seguir as recomendações específicas para cada tipo de cultura e doença, iniciando as aplicações preventivamente ou no aparecimento dos primeiros sintomas.

5. Qual é o volume de calda recomendado para a aplicação do Priori Xtra?

  • O volume de calda recomendado varia de acordo com a cultura e o método de aplicação (terrestre ou aérea), podendo variar de 20 a 400 litros por hectare.

6. Existe um número máximo de aplicações de Priori Xtra por ciclo da cultura?

  • Sim, o número máximo de aplicações por ciclo da cultura varia, indo de 1 a 6 aplicações, dependendo da cultura e da doença.

7. Priori Xtra pode ser usado preventivamente?

  • Sim, Priori Xtra é frequentemente usado de forma preventiva, iniciando as aplicações antes do aparecimento dos sintomas das doenças.

8. Quais são as precauções de segurança para usar o Priori Xtra?

  • É importante seguir as instruções de segurança fornecidas na bula, que incluem usar equipamento de proteção individual, evitar a contaminação de cursos de água e áreas não-alvo, e observar períodos de carência antes da colheita.

9. Priori Xtra é seguro para o meio ambiente?

  • Como com todos os pesticidas, o Priori Xtra deve ser usado de acordo com as diretrizes de segurança para minimizar os riscos ao meio ambiente. Isso inclui evitar a aplicação em condições que possam levar à deriva para áreas não-alvo e cursos de água.

10. Onde posso encontrar mais informações sobre o Priori Xtra?

  • Informações detalhadas podem ser encontradas na bula do produto ou no site do fabricante. É importante consultar essas fontes para obter informações atualizadas e específicas do produto.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *