Logo Agroattraction

[Dosagem e Diluição] Tordon Ultra: Tudo que você precisa saber

image

O TordonUltra-S é um herbicida seletivo de ação sistêmica utilizado para o controle de plantas infestantes, especialmente em áreas de pastagem.

Este produto é eficaz no controle de várias espécies de plantas daninhas, sendo aplicado principalmente em áreas de pastagem para garantir a saúde e a produtividade dessas áreas.

Algumas características importantes do TordonUltra-S incluem:

  1. Composição Química:
    • 24-D Sal de Dimetilamina: Esta substância é um herbicida sistêmico amplamente utilizado, pertencente ao grupo químico dos ácidos ariloxialcanoicos. É eficaz contra uma ampla gama de ervas daninhas de folha larga.
    • Aminopiralide Sal de Dimetilamina: Outro herbicida sistêmico que faz parte do grupo químico dos ácidos piridinocarboxílicos. É usado para o controle de algumas plantas daninhas específicas em pastagens​​.
  2. Modo de Ação:
    • Como um herbicida sistêmico, o TordonUltra-S é absorvido pelas folhas e/ou raízes das plantas daninhas e é transportado para outras partes da planta. Ele age imitando hormônios vegetais naturais, o que interfere no crescimento normal das plantas infestantes, levando eventualmente à sua morte.

Como preparar e utilizar o Tordon Ultra S

  1. Doses e Culturas Alvo:
    • Cheirosa (Hyptis suaveolens): 08 L/ha.
    • Fedegoso-branco (Senna obtusifolia): 16 L/ha.
    • Guanxuma (Sida santaremnensis): 20 L/ha.
    • A aplicação deve ser feita anualmente quando as plantas infestantes estiverem em pleno desenvolvimento vegetativo, com um máximo de uma aplicação por ciclo de cultura​​.
  2. Volume de Calda:
    • Para aplicação terrestre: 200 – 300 L/ha.
    • Para aplicação aérea com aeronave tripulada: 50 L/ha.
    • Para aplicação aérea com drones: mínimo de 10 L/ha​​.
  3. Modo e Equipamentos de Aplicação:
    • Aplicação Terrestre:
      • Utilizar equipamento costal (manual ou motorizado) ou tratorizado. Recomenda-se o uso de pontas de pulverização em faixa com indução a ar para gerar gotas grossas (G) ou superiores.
      • As condições climáticas ideais incluem temperatura abaixo de 30ºC, umidade relativa do ar acima de 60%, e velocidade do vento entre 3 e 10 km/h.
      • O objetivo é minimizar a evaporação das gotas e o deslocamento horizontal (deriva)​​.
    • Aplicação Aérea:
      • Com aeronaves tripuladas, seguir as boas práticas agrícolas, como ajustes de parâmetros operacionais e supervisão de um Engenheiro Agrônomo.
      • A taxa de aplicação recomendada é de no mínimo 50 L/ha, com gotas das classes grossas (G) e extremamente grossas (EG).
      • As condições climáticas ideais são semelhantes às da aplicação terrestre​​.
    • Aplicação com Drones:
      • Altura de voo de 4 metros acima do alvo.
      • Taxa de aplicação mínima de 10 L/ha.
      • Utilizar pontas que gerem gotas de tamanho médio a grosso para minimizar o risco de deriva.
      • Manter uma faixa de segurança de 50 metros dos alvos sensíveis ao produto.
      • Velocidade de trabalho do drone não deve ultrapassar 5 m/s​​.

Se você quer acessar a bula completa do TordonUltra-S, clique aqui!

Composição:

  • 24-D Sal de Dimetilamina: 48,193 g/L.
  • Aminopiralide Sal de Dimetilamina: 6,090 g/L.
  • Outros ingredientes: 61,918 g/L​​.

Classe e Grupo Químico:

  • Classe: Herbicida seletivo de ação sistêmica.
  • Grupo Químico: 24-D (Ácido ariloxialcanoico) e Aminopiralide (Ácido piridinocarboxílico).
  • Tipo de Formulação: Concentrado Solúvel (SL)​​.

Intervalo de Segurança e Reentrada:

  • Intervalo de Segurança: Não aplicável (UNA – Uso não alimentar) para pastagens.
  • Intervalo de Reentrada de Pessoas: 5 dias para atividades de 2 horas e 23 dias para atividades de 8 horas em pastagens após aplicação pós-emergência​​.

Limitações de Uso:

  • Aplicar somente quando não houver risco de atingir espécies úteis sensíveis, como culturas dicotiledôneas.
  • Manter uma bordadura de 10 metros entre a área de aplicação e culturas sensíveis.
  • Limpar o pulverizador após a aplicação para evitar contaminação de outras culturas​​.

Precauções Gerais:

  • Uso exclusivamente agrícola.
  • Manuseio apenas por trabalhadores capacitados.
  • Uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) durante o manuseio e aplicação.
  • Evitar aplicar perto de escolas, residências, locais de permanência de pessoas e áreas de criação de animais​​.

Equipamentos de Proteção Individual:

  • Uso de EPIs é essencial, incluindo calça, jaleco, botas, avental, respirador, viseira, touca árabe e luvas​​.

Manejo de Resistência:

  • Rotacionar herbicidas com mecanismos de ação distintos.
  • Adotar outras práticas de controle de plantas daninhas.
  • Seguir as recomendações de dose e aplicação conforme a bula.
  • Consultar um engenheiro agrônomo para estratégias de manejo de resistência​​.

Toxicidade e Efeitos Agudos e Crônicos:

  • Classificado como Categoria 4 – Produto pouco tóxico.
  • Toxicidade aguda e crônica estudada em animais de laboratório.
  • O produto não apresentou mutagenicidade​​.

Precauções Ambientais:

  • Classificado como Perigoso ao Meio Ambiente (Classe III).
  • Altamente móvel, podendo atingir águas subterrâneas.
  • Evitar contaminação ambiental e observar as restrições de aplicação próximas a povoações e mananciais de água​​.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *